Inovação

3 vantagens dos terminais inteligentes no chão de fábrica

A implantação de terminais inteligentes no chão de fábrica é uma tendência da Indústria 4.0. A Manufatura Avançada – como também é chamada – é a engrenagem para uma produção inteligente, em que um conjunto de soluções melhora a comunicação entre a engenharia e a produção, fazendo, dessa forma, com que todo o chão de fábrica fale a mesma linguagem.

No entanto, para fazer a implantação de terminais inteligentes no chão de fábrica, é preciso alguns cuidados, principalmente porque, no Brasil, ainda há uma carência tanto de tecnologia, quanto de pessoal para colocar essa iniciativa em prática.

“É importante, primeiramente, identificar o nível de maturidade da indústria, para saber se ela está acostumada a lidar com essa tecnologia, porque o salto de uma indústria nível 2, por exemplo, para uma de nível 4, não pode ser dada de uma vez só. Tudo tem que ser feito de forma paulatina, para que seja assimilável por todos dentro da empresa”, destaca o coordenador do Grupo de Gestão em Automação em TI da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), Eduardo Dias.

Cabe destacar, ainda, que essa revolução industrial tem um potencial muito grande, e a implantação dos terminais inteligentes é necessária para viabilizar tudo isso. O potencial avaliado para a Indústria 4.0 é de um crescimento econômico de US$ 15 trilhões em 15 anos e, juntamente a isso, haverá a geração de empregos qualificados e a elevação do padrão de vida, pois o trabalho braçal dará lugar a funções mais analíticas, alinhadas a essas novas tecnologias, como veremos a seguir.

Vantagens da implantação de terminais inteligentes no chão de fábrica

#1 Previsão e redução de erros

Os terminais inteligentes eliminam o trabalho braçal e fazem com que o funcionário controle softwares que comandam toda a produção. Com essa mudança, as chances de falhas acabam sendo reduzidas drasticamente.

As máquinas, por exemplo, detectam e apontam alterações de velocidade. Então, antes que haja um erro efetivo na produção, é possível prevê-lo e até mesmo eliminá-lo – ao contrário do que ocorre com o trabalho manual, que pode desenvolver falhas e levar a perdas na produção.

#2 Ganho em eficiência e produtividade

Esse é o maior ganho, conforme Dias, que apresenta um exemplo prático do porquê considera a eficiência o maior benefício da implantação de terminais inteligentes.

“Você ganha em integração de processos. O governo brasileiro está implantando o Portal Único de Exportações, que visa integrar dados de exportações. Esse é o primeiro projeto em que o setor privado do agronegócio está integrado à Receita Federal, e esse sistema economiza de 10 a 12 dias para o desembaraço da carne. Portanto, você ganha um aumento significativo da eficiência operacional da indústria”, esclarece o coordenador.

#3 Qualidade da mão de obra

Outro ponto a se destacar, diz respeito à mão de obra. Os terminais inteligentes fazem com que o profissional do chão de fábrica seja aquele que lida com softwares e que coordena, de uma certa forma, a máquina.

Robôs e softwares tomam essa posição mais braçal e repetitiva nos processos produtivos, fazendo com que os profissionais busquem se capacitar mais para atuar com esses sistemas operacionais, o que gera um novo nível de qualificação e do trabalho nas indústrias de alimentos e bebidas.

Você já conhecia os terminais inteligentes? Pensa em adotá-los em sua indústria de alimentos ou bebidas? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima.  

armazem-automatizado

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *