Sustentabilidade

Design, eficiência e sustentabilidade valorizam as embalagens de vidro

As embalagens estão literalmente ganhando novos contornos. Antes um simples invólucro imperceptível, cumprindo um papel estritamente funcional, elas se tornaram hoje quase tão importantes quanto o próprio conteúdo. Estruturas coloridas, minúsculas, high techs, curvilíneas, quadradas, sóbrias. Cada uma tem sua fórmula. E, em meio a esse processo intimamente ligado com a pós-modernidade, o importante é saber que o consumidor será – e muito – seduzido pelo formato.

As vantagens da utilização da embalagem de vidro são muitas, tanto para o meio ambiente quanto para o consumidor, resume Claudia Zampelli, da Abividro

“As vantagens da utilização da embalagem de vidro são muitas, tanto para o meio ambiente quanto para o consumidor”, resume Claudia Zampelli, gerente de Desenvolvimento Técnico de Mercado na Abividro (Associação Técnica Brasileira das Indústrias Automáticas de Vidro).

Um dos temas mais discutidos na indústria atualmente – a sustentabilidade – encontra amplo respaldo nas embalagens de vidro. “Por ser o único material 100% reciclável, o vidro é o que traz menos impactos ao meio ambiente.  É a única embalagem retornável e pode ser reciclada infinitas vezes, sem perda de qualidade ou pureza do produto. Fabricado com elementos naturais, ao se decompor, vira areia, integrando-se ao meio ambiente”, explica Zampelli.

O ganho ambiental, porém, é apenas uma entre tantas vantagens. Como salienta a executiva, além dos atributos referentes à reciclagem e à reutilização, o vidro é a melhor embalagem para conservação de alimentos e bebidas. “Diferente de outros materiais, é inerte e não reage quimicamente.” Também possui resistência a mudanças bruscas de temperatura, cargas verticais e umidade. E, por ser neutro, o produto embalado não sofre alteração de sabor, odor, cor ou qualidade.

“Impermeável, funciona como uma barreira contra qualquer agente exterior, aumentando o ‘shelf life’, ou seja, prazo de validade, em relação a outros tipos de embalagens”, acrescenta Zampelli. “Essas características, aliadas à estética e à versatilidade, com diversas formas, cores e tamanhos, agregam valor ao produto envasado.”

O vidro se solidificou com conceitos caros à indústria moderna, como sustentabilidade, eficiência e design, e se tornou um dos principais atrativos do setor. “Há muitos cases de marcas que migraram de determinado material para a embalagem de vidro para elevar seu produto a uma categoria superior, premium. O vidro é considerado no ponto de venda um material mais nobre, enobrecendo o produto envasado”, finaliza a especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *