Marketing

Como criar uma embalagem especial

A embalagem para alimentos é um atributo fundamental para aumentar as vendas. Afinal, é a embalagem que chama a atenção do consumidor no ponto de vendas e comunica os diferenciais do produto.

Além disso, a embalagem para alimentos é a responsável por proteger e conservar a mercadoria. Dessa forma, ela exerce uma função dupla e, por isso, precisa de bastante atenção no momento do desenvolvimento.

Para criar uma embalagem especial é imprescindível passar por um processo integrado e profissional de design. Um processo de desenvolvimento que vai afunilando as possibilidade até chegar numa solução eficiente desde vários aspectos“, recomenda Gabriel Inler, diretor da O3 Design.

Quer entender melhor como criar uma embalagem diferenciada para os seus produtos? Então, não deixe de ler esse artigo!

Como criar uma boa embalagem para alimentos

1 – Pesquisa e criação

Inler afirma que o primeiro passo para criar uma embalagem para alimentos que cumpra com os requisitos é analisar o problema. Dessa forma, é preciso:

  1. Conhecer bem o mercado: o público para o qual o produto está dirigido e analisar a concorrência.
  2. Conhecer bem o produto: o que é, para que serve, que necessidades e desejos satisfaz, como é fisicamente, quais são as normativas existentes.
  3. Conhecer bem a tecnologia: o processo de embalamento, quais as possibilidades e as limitações tecnológicas.
  4. Conhecer as possibilidades de investimento: quanto a empresa está disposta a investir numa solução realmente especial e diferenciada.

Então, é chegado o momento de partir para a criação. “Aqui, é preciso realizar algumas técnicas e ferramentas de projeto para gerar alternativas que atendam ao desenvolvimento de uma embalagem diferenciada, mas que ao mesmo tempo cumpra o seu papel de embalar ao produto com eficiência“, acrescenta.

2 – Protótipos e produção

Com a criação da embalagem finalizada, você deverá escolher as opções mais interessantes e desenvolver os protótipos. De acordo com Inler, os protótipos são importantes para realizar testes de funcionalidade, pesquisas de mercado e fazer reuniões com fornecedores e consumidores. Afinal, uma boa embalagem para alimentos deve ser viável de ser produzida e precisa transmitir a mensagem certa aos clientes.

Com os resultados dos testes em mãos, você poderá partir para a produção da opção escolhida. “Os arquivos, aqui, devem ter todas as especificações corretas: como dimensões das peças, cores, texturas e acabamentos“, recomenda o especialista.

Por fim, Gabriel Inler ressalta a importância de acompanhar a produção do primeiro lote das embalagens. Assim, é possível garantir a fidelidade daquilo que foi projetado e evitar variações em relação ao que o fabricante irá executar.

Dicas para inovar na embalagem para alimentos

Inovar na embalagem para alimentos é um assunto bastante delicado. Afinal, a embalagem não pode comprometer a segurança do produto e ainda deve seguir uma série de normas. Além disso, de acordo com o alimento, pode haver mais ou menos possibilidade de inovação.

“Em um produto premium, por exemplo, onde existe um maior valor agregado, as possibilidades de ousar na criação de embalagens são maiores, uma vez que a inovação vai demandar um custo maior”

O especialista ainda recomenda considerar o volume de produção para definir os limites de investimentos. Afinal, volumes baixos com muitas possibilidades tecnológicas de produção costumam ser inviáveis do ponto de vista financeiro.

As inovações podem ser de materiais, de função, de uso ou estéticas, entre outras. Como exemplo de inovações de material, temos hoje as embalagens plásticas compostáveis e as comestíveis, uma inovação importante para preservarmos o meio ambiente, mas ainda os seus custos são maiores“.

Por fim, Inler dá algumas dicas valiosas para inovar na embalagem para alimentos: “Trazer soluções de outras áreas, acompanhar o dia a dia dos consumidores (pesquisa etnográfica) e observar os seus hábitos, ter uma atitude criativa buscando eliminar bloqueios mentais e ter a capacidade de convencer ao cliente das novas ideias, já que toda mudança traz desafios e muitas vezes tem que correr atrás de como produzir ou lançar uma ideia inovadora“.

A sua empresa conta com alguma iniciativa nesse sentido? Quais as maiores dificuldades enfrentadas para inovar na embalagem? Compartilhe com a gente nos comentários!

macrotendencia-embalagem-fispal-tecnologia

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *