• Fispal Tecnologia is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Marketing

Embalagens instagramáveis: por que ficar atento à tendência?

As embalagens instagramáveis, ou seja, com propostas de design criativo e bonito, são uma grande tendência. Afinal, estamos vivendo a era das redes sociais, portanto, a estética é cada vez mais importante.

Nesse cenário, a disputa das marcas por atenção também está se intensificando. O consumidor é bombardeado por informações diariamente e, portanto, cada detalhe faz a diferença.

Para a indústria de alimentos e bebidas, não poderia ser diferente. Agora, além de proteger o produto e facilitar o seu consumo, as embalagens precisam, também, oferecer uma experiência. Com isso, apostar em embalagens instagramáveis, inovadoras, coloridas e que tragam alguma surpresa no momento do consumo pode fazer toda a diferença para ampliar a divulgação da marca.

Quer entender melhor sobre como usar a embalagem como um importante veículo de comunicação e vendas na era das redes sociais? Acompanhe!

Embalagem além da proteção

“O processo de criação de uma embalagem se baseia na metodologia praticada pelo escritório de design. Entretanto, o resultado vai depender de um trabalho integrado entre design, cliente, produto, fornecedor. Um dos pilares do processo de criação de uma embalagem é, sem dúvida, a possibilidade de inovação. Tornar o produto exclusivo, individual, original e que traga excelente experiência ao consumidor, tanto nos aspectos visuais, mas principalmente na manipulação/facilidade de uso”, explica o Prof. Me. Luiz Gustavo Rodrigues, sócio-diretor da INDESIGN.

De acordo com o professor, os quesitos visual e funcional tornam a embalagem uma grande ferramenta de Marketing para o produto e para a marca. Apesar de essa sempre ter sido a visão dentro do Design Thinking, de tempos para cá, a experiência do usuário com a marca começou a ser compartilhada espontaneamente.

“O engajamento e o “carinho” do público tornou o produto a vedete de blogs, vídeos de unboxing e mídias sociais. A mídia espontânea ocupa hoje um lugar de destaque dentro das ações de Marketing, de Branding e de campanhas publicitárias. Acredito que hoje, definitivamente, empresas, agências de comunicação e departamentos de Marketing estejam observando a embalagem não mais como material que protege e transporta um produto. A Embalagem hoje pode conduzir uma marca e, talvez, uma empresa inteira”, complementa.



Do PDV para as redes sociais

“A embalagem sempre será um grande decisor no PDV e, com isso, devemos pensar em um grande canal de comunicação. Amplificar este espaço e falar diretamente com o público. Este é o nosso ponto de vista e também a forma como gostamos de trabalhar, aplicando nosso design e falando com os consumidores de forma clara”, diz Franklin Zampani, diretor da Agência BUD.

No entanto, as embalagens instagramáveis estão indo além do PDV: elas também chamam a atenção quando o consumidor recebe sua compra em casa. E é exatamente nesse momento que a criatividade e a experiência do unboxing deve ser considerada.

“A embalagem precisa se mostrar, precisa identificar no seu visual as virtudes e qualidades do produto que embala. É preciso pensar que embalagem e produto se tornam uma coisa única”, complementa Rodrigues.

Para a indústria de alimentos e bebidas, isso significa que a embalagem deve cumprir com sua função primária, de garantir a segurança do produto, mas também trazer “algo a mais”.  E é nesse ponto que está o grande desafio. Afinal, é preciso chamar a atenção para que o consumidor pegue o seu celular, tire uma foto e publique em seus perfis.



Quais as características das embalagens instagramáveis?

“Um produto que esteja alinhado com o lifestyle do seu consumidor e uma embalagem que represente esta verdade. Hoje, com a amplitude das redes sociais, não existe espaço para marcas que não estejam alinhadas com isso. O posicionamento deve estar alinhado com a fala. Só assim será possível despertar este interesse”, explica Zampani.

Além da criatividade, uma excelente forma de desenvolver embalagens instagramáveis na indústria de alimentos é unir forma ao conteúdo para cativar os consumidores.

A Heineken, por exemplo, apresentou, em 2016, no Milan Design Week, um protótipo de garrafa com iluminação LED e sensores que a transformam em um objetivo interativo via conexão Wi-Fi. A intenção era que o produto fosse distribuído em festivais patrocinados pela marca.

Uma ideia simples, porém eficiente, de embalagem instagramável também foi da cerveja Budweiser. Foi criada uma versão da lata “acinturada” para transmitir a mensagem de que a bebida não causa “barriguinha”.

Para os alimentos, uma ótima maneira de chamar a atenção é trazer o conteúdo para as embalagem instagramáveis. O produto Quick Kiwi, por exemplo traz na tampa da embalagem uma imagem que retrata exatamente o seu conteúdo. Com isso, a embalagem fica mais bonita, colorida e, até mesmo, mais saborosa.

Apostar em embalagens instagramáveis é uma poderosa maneira de criar conexões e divulgar a sua marca. E não se engane ao achar que a indústria de alimentos e bebidas pode ficar de fora dessa tendência.

Com o mercado cada vez mais concorrido, unir proteção, facilidade de consumo do produto e beleza/criatividade faz toda a diferença! E a sua indústria, está preparada para atender à expectativa do consumidor no que diz respeito às embalagens instagramáveis? 


1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *