Fispal Tecnologia faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Concurso Melhores Sabores do Brasil

Fispal Tecnologia apresenta refrigerantes vencedores do concurso “Os Melhores Sabores do Brasil”

Resultado da maior competição de bebidas nacionais marcou o encerramento do Congresso Brasileiro de Bebidas, na Fispal Tecnologia, em São Paulo.

Durante a 35ª edição da Fispal Tecnologia, a Afrebras (Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil) divulgou o resultado da votação pública que elegeu os vencedores do concurso Os Melhores Sabores do Brasil, nas categorias guaraná, tubaína e sabor exótico/regional.

Com votação popular, o resultado da maior competição de bebidas nacionais marcou o encerramento do Confrebras (Congresso Brasileiro de Bebidas) 2019.

Confira agora os vencedores de cada categoria:

Concurso Melhores Sabores do Brasil

Categoria Guaraná

1°) Guaraná Mantinqueira | Refrigerantes Itamonte Ltda. | Município Itamonte (MG)

2°) Guaraná Taça de Cristal | Indústria e Comércio de Bebidas Irmãos Salume Ltda. | Município Campo Belo (MG)

3°) Guaraná Jota Efe | Bebidas Jota Efe Indústria e Comércio Ltda. | Ouro Fino (MG)

Categoria Tubaína

1°) Taubaína Conquista | ICBC Indústria e Comércio de Bebidas Ltda. | Palmital (SP)

2°) Tubaína Xereta | Refrix Envasadora de Bebidas Ltda. | Tietê (SP)

3°) Tubaína Jota Efe | Bebidas Jota Efe Indústria e Comércio Ltda. | Ouro Fino (MG)

Categoria Sabor exótico/regional

1°) Maçã São Carlos | Ricare Indústria e Comércio de Bebidas | São Carlos (SP)

2°) Gengibirra Orlando | Bellpar Refrescos | Conchas (SP)

3°) Abacaxi Mantiqueira | Refigerantes Itamonte Ltda. | Itamonte (MG)

“Votação sensorial” marcou concurso

Em cabines individuais dentro do estande organizado especificamente para a competição, 416 pessoas avaliaram sabor, aroma e gaseificação de cada uma das 15 bebidas finalistas e estabeleceram nota de 1 a 5 para elas, em fichas secretas, considerando o nível de qualidade do menor para o maior número.

As bebidas estavam codificadas, em amostras sem identificação, para garantir a isenção e imparcialidade do público no momento da votação.

Após preencher, individualmente, cada ficha, o público depositou as avaliações em uma urna fechada, cujo resultado foi quantificado pelas engenheiras de alimentos Domênica Maioli e Adriane Almeida. Elas também instruíram todas as etapas anteriores do concurso. O número de pessoas participantes foi quatro vezes maior que o da edição passada da competição, realizada em 2017, de acordo com as organizadoras.

“Este concurso já vem sendo feito há alguns anos e é extremamente importante para o setor e a sociedade como um todo”, afirma o presidente da Afrebras, Fernando Rodrigues de Bairros. “A maior competição de bebidas nacionais contribui para manter as indústrias em atividade e competirem para ganhar. Tudo isso resulta na entrega de um produto com qualidade muito melhor ao consumidor de todas as regiões do país”, destaca.

Domênica diz que, durante as etapas anteriores do concurso, observou um avanço na qualidade dos processos de produção das bebidas e uma preocupação cada vez maior dos fabricantes de refrigerantes brasileiros para entregar produtos com o maior nível de excelência possível aos consumidores. “Ficamos muito felizes ao ver a evolução das empresas com a aplicação do checklist”, afirma ela, referindo-se à avaliação realizada durante as visitas técnicas, incluídas na segunda etapa do concurso e que precederam a definição dos finalistas. A primeira etapa foram as visitas instrutivas.

Na etapa final, além de avaliar os refrigerantes em amostras não identificadas, o público também teve a oportunidade de entender o processo de seleção das bebidas e como elas chegaram à última fase da competição. Além disso, conheceu ainda mais a diversidade da indústria brasileira de bebidas e a sua importância para o desenvolvimento nacional. “As pessoas ficaram muito interessadas em saber como a competição chegou aos finalistas. Foram três dias muito gratificantes”, diz Adriane.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar