Fispal Tecnologia faz parte da divisão divisionName da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Como aumentar a segurança do armazém da sua indústria alimentícia

 

A segurança no armazém da indústria deve ser uma das prioridades do setor de logística. Afinal, a prática garante a qualidade dos alimentos, além de preservar a segurança das pessoas que trabalham ali.

Infelizmente, a segurança no armazém é muitas vezes deixada de lado. E, mesmo essa sendo uma das normas legislativas para a indústria alimentícia, todo o processo de estocagem, distribuição e entrega de produtos ao consumidor acaba sendo afetado.

Quer conhecer quais as boas práticas de segurança no armazém da indústria para melhorar a competitividade do negócio? Então, siga com a leitura deste artigo!

 

Boas práticas de segurança no armazém da indústria alimentícia

 

"As principais regras de Boas Práticas de Fabricação para um armazém dentro das indústrias de alimentos e bebidas são definidas conforme as normas e legislações nacionais vigentes, tais como a RDC 275, de 21/10/2002, que determina quais são os procedimentos operacionais padronizados que devem ser implementados para garantir a qualidade e segurança dos alimentos", explica Maria Juliana Franceschini Tertulino, Nutricionista Especialista em Gestão da Qualidade dos Alimentos, Coordenadora de Qualidade e Docente.

Maria Juliana complementa que os principais pontos de atenção de segurança no armazém são:

 

  • Controle da higiene pessoal: a higiene pessoal consiste no asseio dos colaboradores que trabalham direto com a manipulação dos produtos em armazéns, sendo as principais exigências: banho diário, uniforme limpo, ausência de adornos, barba e bigode, proibição do uso perfumes fortes e maquiagem, entre outros aspectos que garante um bom aparato pessoal;
  • Controle de higiene ambiental: ainda que se trate de uma área onde não exista a manipulação do alimento diretamente, já que os os produtos não estão expostos por estarem completamente embalados, a limpeza e sanitização do ambiente é fundamental. Dessa forma, devem ser estabelecidos métodos e frequência para realização da higienização do ambiente, considerando o piso, parede, teto e os equipamentos utilizados na área de trabalho;
  • Controle de pragas: o controle de pragas em armazéns é essencial, pois devido a temperatura favorável e o acondicionamento de alimentos, o local se torna atrativo a insetos e roedores. Sendo assim, a empresa deve contratar um prestador de serviço externo para realização dessa atividade;
  • Controle de temperatura: a temperatura em armazéns que estocam produtos resfriados ou congelados é fundamental. A checagem do produto, desde o recebimento até as condições da manutenção do frio no armazenamento, devem estar complemente registradas em documento.

 

 

Como garantir a integridade dos alimentos

 

Maria Juliana chama a atenção para o fato de que o recebimento dos produtos é uma das principais etapas em que se deve prestar atenção para garantir a integridade dos mesmos.

"Nessa conferência é possível detectar se o produto está integro, a embalagem está bem fechada, se não existe mal odor no produto ou exsudação de líquidos, bem como realizar o controle da temperatura obrigatória para produtos resfriados ou congelados".

Com isso, é possível manter o controle de pragas, a higiene e a temperatura adequadas do ambiente para que o alimento seja armazenado em condições seguras.

Por fim, vale ressaltar que a segurança no armazém ainda ajuda a melhorar a velocidade de expedição. O resultado são mais pedidos atendidos com qualidade e, consequentemente, um lucro maior para a empresa.

No vídeo acima, você confere mais dicas para manter seu armazém seguro. Confira!

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar