Fispal Tecnologia faz parte da divisão divisionName da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

dicas-embalagem-alimentos

Como escolher o tipo de embalagem de alimentos

O mercado, hoje, apresenta um tipo de embalagem para os mais diferentes produtos, e o grande desafio da indústria de alimentos e bebidas é, perante tantas opções, escolher aquela mais adequada ao item a ser comercializado.

As opões disponíveis passam pelo plástico, vidro, alumínio, isopor, papel, entre outros - lembrando de que cada um desses materiais tem seus pontos fortes e fracos.

“Para escolher o material de embalagem adequado para alimentos e bebidas, temos que entender qual é o tipo de proteção que aquele produto especificamente precisa. É necessário analisar se ele requer uma barreira à umidade, aromas, ar, luz ou gordura”, destaca a diretora do Instituto de Embalagens, Assunta Camilo.

Para isso, é necessário considerar alguns fatores, como se o produto em questão quebra com facilidade, se pode perfurar a embalagem, se é muito ácido, em que condições esse deve ser armazenado, etc.

Outro cuidado com o tipo de embalagem se refere às tintas de sua impressão, que não poderão conter metais pesados.

Lembrando de que a escolha equivocada do tipo de embalagem pode ter consequências para a indústria, como esclarece a diretora do Instituto de Embalagens.

“Essa decisão impacta na redução de vida de prateleira do produto, devido à perda de sabor, odor, crocância, cor e deterioração, havendo, em alguns casos, até riscos à saúde do consumidor”, pontua.

E para ajudar nessa decisão e para que a sua indústria faça a diferenciação correta, vamos mostrar os tipos de embalagens e para quais alimentos e bebidas são destinadas. Confira!

Materiais e tipo de embalagem

Papelão ondulado

Esse é um tipo de embalagem recomendado para praticamente todos os alimentos. O uso do papelão ondulado é grande nos casos de embalagem de transporte. Dentro desta categoria há, também, o papel cartão, indicado para embalar produtos que serão cozidos depois e que precisam ficar em pé na gôndola do supermercado, como, por exemplo, massas frescas.

Vidro

O vidro é um dos materiais mais antigos em uso para embalar alimentos. Ele é inerte, o que o faz útil no envase de inúmeros tipos de alimentos e bebidas, que vão desde água até outros bastante ácidos, como molhos de tomate e conservas em geral. Se bem vedado, o vidro garantir a proteção do produto por longos períodos de tempo.

Podem-se destacar os vidros escuros para armazenagem de líquidos sensíveis à luz, como azeites, cervejas e vinhos; e os transparentes, que têm um apelo mais visual, por permitir ao cliente visualizar o produto antes da compra.

Aço

O aço é recomendado para aqueles produtos que necessitam de armazenamento por longos períodos, como vegetais e sucos concentrados. Por ser um material impermeável, promove barreira à luz e ao oxigênio, e também é inviolável.

Plástico

O plástico, em geral, tem propriedades que o torna próprio para embalar qualquer material, devido à sua leveza e versatilidade. O que é necessário, neste caso, é identificar o tipo de plástico adequado àquele alimento específico, para que sejam garantidas as suas características originais até a chegada ao consumidor.

Outro ponto destacável desse material é a sua densidade, que poderá ser maior ou menor, dependendo do produto ao qual se destina. O plástico é o substituto natural do vidro e do aço.

Alumínio

O alumínio oferece uma proteção a alimentos não tão sensíveis, o que o torna eficaz para a embalagem de conservas em geral e de bebidas carbonatadas, como refrigerantes e cervejas.

Isopor

O isopor (EPS) é pouco comum nas prateleiras dos supermercados, entretanto, é amplamente utilizado na indústria, sobretudo para armazenar e transportar alimentos frescos, como pescado, devido à sua capacidade de isolamento térmico.

Cabe ressaltar que este tipo de embalagem é completamente impermeável e resistente à ação de bactérias e microrganismos.

Quer saber mais sobre qual é o melhor tipo de embalagem para sua indústria? Siga acompanhando nosso canal de conteúdo e até a próxima!

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar