Fispal Tecnologia faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

treinamento-funcionarios-industria4.0-fispal-tecnologia

Como treinar funcionários para gerenciar máquinas de alta tecnologia?

Um estudo elaborado pelo SENAI revelou que, entre 2017 e 2020, o Brasil terá de qualificar 13 milhões de trabalhadores para ocupações industriais de nível superior, técnico e de qualificação. A alta demanda é um reflexo da Indústria 4.0 que já está consolidada em países desenvolvidos como a Alemanha, mas, no Brasil, ainda segue dando os primeiros passos.

Dentre os setores que irão demandar treinamento de funcionários, o de alimentação está em quarto lugar, com 1,2 milhão de profissionais que deverão passar por uma capacitação especial para se adaptarem à nova forma de produzir. Afinal, a Manufatura Avançada, como também é chamada a Indústria 4.0, une a tecnologia da Internet das Coisas (IoT) com a rápida automação, trazendo um cenário diferente para as fábricas da área de alimentos e bebidas, por meio de robôs que se mostram cada vez mais participativos e máquinas de alta complexidade e grau de tecnologia que vão exigir, é claro, uma mudança no perfil dos profissionais.

Neste processo, obviamente, o treinamento é fundamental. Mas você sabe, exatamente, como fazê-lo?

“Primeiramente, o colaborador deve estar preparado para passar por essa mudança. Se a pessoa tem vontade, a mudança tende a ser mais fácil, por ser apenas um processo”, ressalta Antônio Carlos Cabral, coordenador do curso de Engenharia de Produção do Instituto Mauá de Tecnologia. Além de vontade, o modelo industrial precisa de pessoas com formações específicas, que saibam lidar om áreas distintas e possuam um diferencial.

Diante disso, confira, a seguir, como treinar os funcionários das indústrias de alimentos e bebidas para gerenciar máquinas de alta complexidade e tecnologia dentro do conceito da Indústria 4.0.

Como treinar o profissional para a Indústria 4.0?

Como a Indústria 4.0 exige um maquinário diferenciado, ela torna de extrema necessidade o treinamento de funcionários para operá-lo corretamente. Essa formação pode partir de dentro da empresa, com um movimento interno bem orquestrado, como, também, com a vinda de alguém de fora que possa auxiliar no funcionamento da nova tecnologia. A forma como vai ser dado esse treinamento vai depender muito de cada negócio.

“Uma empresa com base sólida e diretriz bem definida pode não precisar de alguém de fora para desenvolver o treinamento de funcionários, entretanto, de modo geral, a realidade das indústrias brasileiras é a da necessidade de um auxilio externo”, enfatiza o especialista.

Além de um treinamento dentro da empresa para lidar com as tecnologias, é necessário um esforço por parte do profissional. A indústria pode, além de proporcionar uma formação interna, adotar medidas de incentivo a uma formação complementar ou mesmo de nível superior.

Mas essa é uma iniciativa que deve partir do próprio funcionário, que precisa perceber – por conta própria - que esse novo modelo de indústria exige um preparo especial. Além disso, precisa ter em mente que, aqueles que demostrarem estar mais interessados, com maior conhecimento e disposição, vão sair na frente e se manter competitivos dentro da Indústria 4.0.

Continue acompanhando o nosso canal de conteúdo para saber mais sobre o treinamento de funcionários do setor de alimentos e bebidas para a Indústria 4.0 e até a próxima. 

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar