• Fispal Tecnologia is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Especialistas

Gestão por propósito organizacional

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA) (1), o setor de alimentos e bebidas gera 1.6 milhões de empregos diretos e representa 9.6% do PIB brasileiro. Somente o mercado cervejeiro, de acordo com o levantamento da Associação Brasileira da Indústria de Cerveja (CERVBRASIL) (2), contribui com 1,6% do PIB e reúne 35,7 mil empresas (700 cervejeiras) de diferentes portes. Manter-se competitivo nesse mercado passa necessariamente por compreender bem o cenário atual em que os clientes e stakeholders são cada dia mais conscientes das responsabilidades sociais e ambientais das organizações.

Para aumentar a complexidade do assunto, quaisquer iniciativas ou ações devem considerar os ciclos de vida cada vez menores dos produtos e serviços; a necessidade de diversificação e a inovação, que é impulsionada pelos métodos ágeis, inicialmente adotados pelas startups e que começam a decolar também nas grandes empresas.

No que tange à gestão, tem-se ainda a necessidade de definição de objetivos claros e realistas, motivando a contratação e o desenvolvimento de pessoas para o atendimento das demandas organizacionais além de seus propósitos individuais (3). Aprofundando um pouco mais, o surgimento de ferramentas, técnicas e métodos associados à indústria 4.0, assim como a carência de profissionais qualificados no mercado para as funções associadas à tecnologia, constituem um importante desafio gerencial para as organizações. Assim, selecionar e reter profissionais altamente capacitados, como data scientists, desenvolvedores e gestores ligados diretamente à transformação digital dos negócios nas corporações e nas startups de tecnologia tem se tornado uma regra para as empresas que reconhecem o poder dos dados como parte de sua força competitiva.

cta-credenciamento-fispal-tecnologia-2019

Visando à integração desses fatores, a gestão parece caminhar para novos horizontes, considerando o propósito da corporação. Este propósito pode ser mapeado e associado a diretrizes globais, tais como os Objetivos de Desenvolvimento (ODS) da ONU, por exemplo. Um Sistema de Gestão robusto, que fomente uma boa governança e considere a legislação vigente, contingências sociais e ambientais, iniciativas e compliance, além de indicadores de desempenho (KPIs) para monitoramento do desempenho e da gestão das pessoas passa a ser altamente demandado pelas organizações.

Esse cenário vem sendo mapeado há anos pelos acadêmicos e seu gap sentido nas organizações. O SUPREMe (3), que tem seu esboço para aplicativo (app) apresentado ao lado, vem sendo testado e tem se apresentado como ferramenta viável para medição e monitoramento de desempenho. Um benefício atribuído ao SUPREMe consiste no cálculo, a partir de um algoritmo multicritério para tomada de decisão, do índice de competitividade das corporações. Tal índice permite a comparação entre empresas a partir da padronização das métricas utilizadas. A mesma lógica vem sendo desenvolvida para cálculo do índice de governabilidade de cidades e/ou instituições públicas (SUPREMe-P).

Independente de modelo, o ambiente global e competitivo moderno tem gerado agilidade e novos focos, e a integração dessas tendências tem se mostrado aplicável e pode determinar a sobrevivência no “darwinismo organizacional”. O próximo passo provavelmente será a evolução do Sistema de Gestão por propósito, válido para empresas e instituições públicas de quaisquer portes, possibilitando que as corporações sejam avaliadas, adequem-se e coloquem suas velas na direção dos ventos que as projetem para o futuro.

* Alaercio Nicoletti Junior é Gerente Corporativo de Qualidade e Melhoria Contínua, do Grupo Petrópolis, Doutor em Engenharia e colunista da Fispal Tec Digital. Agradecimento especial ao Dr. Vinicius Picanço Rodrigues do INSPER, pela contribuição na elaboração do texto.

Referências:

  1. ABIA https://www.abia.org.br/vsn/
  2. CervBrasil http://www.cervbrasil.org.br/novo_site/dados-do-setor/.
  3. Gestão por propósito – https://digital.fispaltecnologia.com.br/gestao-por-proposito/.
  4. SUPREMe – modelo desenvolvido e em teste para empresas e cidades – ainda não está disponível para uso.


1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *