Fispal Tecnologia faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

industria-embalagem

5 principais desafios da indústria de embalagem brasileira

O mercado consumidor mudou muito nos últimos anos e, com a chegada da Indústria 4.0, mais mudanças estão por vir. Com isso, os desafios da indústria de embalagem também crescem, especialmente no setor de alimentos e bebidas.

Agora, o consumidor está mais conectado e informado. Além disso, as opções de escolha são mais variadas e o acesso aos produtos é maior e realizado por meios cada vez mais diversificados.

Neste cenário, os desafios da indústria de embalagem aumentam ao passo em que seu papel é cada vez maior na interface com o consumidor no ponto de venda. Muito mais do que proteger o produto, a embalagem deve criar conexões com os consumidores, facilitar o uso do produto e ainda oferecer uma boa experiência durante toda a sua jornada. 

Siga com a leitura deste artigo e conheça melhor os principais desafios na indústria de embalagem:

1. Muito além da proteção

A embalagem deixou de ser apenas uma forma de proteger o produto já faz um tempo. Especialmente para marcas que não possuem uma forte estratégia de comunicação, a embalagem é o único recurso para competir em um mercado cada vez mais feroz.

Dessa forma, além de expor o produto e chamar atenção no PDV, as embalagens precisam seduzir e criar vínculos com o consumidor. Portanto, elas devem trazer "algo a mais" e que vá além da função de proteger o produto.

Nesse sentido, as exigências dos consumidores são cada vez maiores. "Com clara ligação com a sustentabilidade, embalagens retornáveis e recicláveis terão uma demanda e crescimento expressivo. Portanto, há uma busca por matérias-primas e materiais novos, biodegradáveis, reutilizáveis e recicláveis", complementa Carla Giordano, gerente de Tecnologia e Inovação da Firjan.



2. Compreensão da "jornada" da embalagem

A vida das pessoas está cada vez mais corrida. A jornada diária é extensa e vai do trabalho, à pós-graduação, à academia, à residência, entre outros. Portanto um dos desafios da indústria de embalagem está em justamente acompanhar o consumidor em todos esses momentos.

Em outras palavras, a jornada corrida está fazendo com que as pessoas se alimentem mais em trânsito. Com isso, há uma demanda maior por snacks e “express food”. Com isso, embalagens que possam ser transportadas e facilitem o consumo de produtos na rua são uma demanda cada vez maior.

Nesse sentido, a indústria de embalagem tem buscado novas tecnologias que permitam conservar os alimentos por mais tempo. Um exemplo é a embalagem com atmosfera modificada (ATM), que conserva carnes, legumes, verduras e frutas frescos por um período maior.



3. Soluções que atendam e encantem os consumidores

Com a Indústria 4.0, a pressão por soluções que atendam a necessidades específicas e superem as expectativas dos consumidores é muito maior. Com isso, a indústria de embalagem tem usado a inovação tecnológica para atingir a excelência.

Aqui, é possível destacar as embalagens inteligentes, que informam o consumidor quando o produto está próximo ao vencimento ou quando ele não foi armazenado corretamente por meio de alertas cromáticos. 

Apesar de esse parecer um cenário bastante futurista, é possível dizer que esse tipo de embalagem será uma realidade concreta em poucos anos.

4. Responsabilidade social e ambiental

Entre os desafios da indústria de embalagem, a consciência ambiental e social não poderia ficar de fora. Por uma exigência maior até do próprio consumidor, o mercado precisa se atentar ao impacto que está causando no mundo e encontrar maneiras de torná-lo mais positivo.

Nesse sentido, vale destacar não apenas as embalagens recicláveis, mas também as iniciativas para reduzir o desperdício de alimentos. Para você ter uma ideia, dados internacionais revelam que mais de 30% de tudo que é produzido no campo não chega ao consumidor final por causa de deficiências na embalagem.

Com isso, muito mais do que ser bonita e transportar o produto, a indústria de embalagens precisa adotar uma nova visão a respeito de suas responsabilidades.

5. Adequação às normas vigentes

Vale destacar um dos principais desafios da indústria de embalagem de alimentos e bebidas. As exigências legais para os rótulos desses produtos são enormes e constantemente atualizadas. Portanto, é preciso estar atento às mudanças para que seja possível se adaptar dentro dos prazos.

Por fim, Carla chama atenção para a preferência do consumidor por porções cada vez menores e as altas exigências na rotulagem dos alimentos.

Você enfrenta algum outro desafio que não citamos aqui? Compartilhe as suas experiências nos comentários!

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar