Fispal Tecnologia faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Especialistas ensinam como criar uma embalagem vendedora para exportação de alimentos e bebidas

Como criar uma embalagem vendedora para exportação

O Brasil será o principal exportador mundial de alimentos nos próximos dez anos. A estimativa é de um estudo da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura) em conjunto com a OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico). Esses produtos certamente precisarão de embalagens capazes de vender em mercados competitivos e com hábitos e culturas diferentes dos nossos. Como desenvolver um recipiente capaz disso?

1 - Conheça bem o cliente e o produto, e tenha um briefing detalhado. “Para que não aconteçam surpresas desagradáveis no projeto”, explica o coordenador de projetos da Premier Pack, Pedro Silveira. O passo seguinte é a modelagem da embalagem, com a elaboração dos desenhos técnicos para fabricação e definição das especificações técnicas.

2 - Tenha informações relevantes ao processo de fabricação dos alimentos ou bebidas a que as embalagens estarão submetidas. Processo de envase manual ou automático, velocidades, se há autoclave, etc. Isso vai influenciar na definição funcional da embalagem.

3 - Conheça o mercado. Analise a cultura local e público-alvo. Isso vai ajudar o designer a criar a melhor alternativa para o produto e leva ao próximo passo: possíveis adaptações.

4 - Elas serão necessárias ou não dependendo das exigências do mercado. O design estratégico da Casa Rex, Cristiano Vinciprova Machado, ensina que enquanto uma limpeza visual é normalmente associada a uma estética premium nos mercados ocidentais, por exemplo, na China essa qualidade está ligada a extremos visuais, como excessos de luzes, brilhos e acabamento tridimensionais.

5 - Por isso, invista em uma aparência atraente, com possíveis efeitos especiais, um bom design, cores e, talvez, recursos multissensoriais que ativem os cinco sentidos do consumidor.

6 - O relatório “Embalagens para Exportação - Alimentos e Bebidas” desenvolvido em 2015 pelo Instituto de Embalagens em parceria com a Apex Brasil (Agência Brasileira de promoção de Exportações e Investimentos) lembra da importância em traduzir o rótulo e de ilustrá-lo com modos de preparo.

7-Ainda segundo a publicação: “Inove”, pois novas tecnologias são um bom diferencial para abrir espaço para elevar ganhos;

8-Valorize a brasilidade. O País é bem visto lá fora.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar