• Fispal Tecnologia is part of the Informa Markets Division of Informa PLC

    This site is operated by a business or businesses owned by Informa PLC and all copyright resides with them. Informa PLC's registered office is 5 Howick Place, London SW1P 1WG. Registered in England and Wales. Number 8860726.

Inovação

Era Tecnicolor: Descubra seu significado para a indústria

Quando o cinema e a TV passaram a convergir na mesma época – em meados da década de 1950 –, os produtores se viram diante da necessidade de explorar, qualitativamente, algumas novidades até então pouco exploradas pela indústria: as imagens em cores, captadas pela empresa Technicolor.

Não que a tecnologia já não fosse utilizada. O cinema em cores data da primeira metade da década de 1920. Mas, para atrair um público maior, era preciso inovar. Assim como fez a indústria de alimentos e bebidas, cada vez mais inserida em sua própria Era Tecnicolor.

E isso tem surtido um interessante retorno em marketing, uma vez que os produtos não perdem em qualidade, sabor e textura, e se destacam no ponto de venda com relação aos similares na concorrência por conta da inovação.

Confira, a seguir, tudo sobre a Era Tecnicolor na indústria de alimentos e bebidas!

O que é a Era Tecnicolor na indústria de alimentos e bebidas?

É claro que o conceito não é recente, mas uma reformulação de uma ideia que sempre esteve à margem do inconsciente do popular. Fato que se reforça na recente pesquisa da consultoria Mintel, empresa especializada em análise de mercado, que apontou as cores como uma tendência na indústria para os próximos anos.

Acontece que o segredo, dessa vez, reside em alterar as propriedades do alimento sem torná-lo artificial no processo. Afinal, os hábitos do consumidor também estão focados em alimentos e bebidas naturais e sem aditivos, corantes ou outros componentes.

“O desafio é grande, mas tem dado o que falar. É o caso do vinho azul, por exemplo. Conversei a respeito disso com pessoas que nem gostam da bebida e estavam fascinadas pela experiência”, revela a publicitária Paula Rocha. “Desde que não perca suas propriedades, esse processo ajuda a indústria a inovar no seu setor, o que é válido” complementa.

O que ajuda a dar força a essa nova tendência é, justamente, o engajamento do consumidor, que usa as redes sociais para interagir com as marcas e discutir, abertamente, sobre o tema. Isso gera uma repercussão boa e aumenta o alcance dessa novidade no mercado.

Como essa inovação virou tendência no mercado?

Como vimos no estudo, o consumidor está bastante atento às cores nos produtos, e a visão tornou-se um dos sentidos mais influenciados na decisão de compra quando falamos no setor de alimentos e bebidas.

Logo, não basta que o produto seja saboroso, com uma embalagem diferenciada. O aspecto visual em si tem influenciado – e muito – na preferência do consumidor.

De que maneira a Era Tecnicolor tem sido aplicada?

Entre os produtos recentes de maior destaque, podemos citar alguns, e para públicos bastante variados, como:

Sushi Rice Rainbow, Satoru, México

Um arroz colorido e feito especialmente para os aficionados pela culinária oriental. Imagine o quanto isso pode trazer ainda mais cores à já diversificada e chamativa culinária japonesa.

Grãos de café rosa Origem Coffee Co., Brasil

Selecionados manualmente, os grãos rosa da Origem Coffe Co. são feitos com grãos de café Icatu vermelho. Eles oferecem uma variedade rica de sabores para quem não dispensa o tradicional cafezinho em seu dia a dia.

Além da coloração diferenciada, percebem-se notas de melancia e abacaxi, oferecendo inovação, também, no sabor do café.

Vinho azul Gïk, Espanha

Item que quebrou algumas barreiras por conta das tradições que permeiam a produção, o vinho azul Gïk tem sabor jovem e transgressor.

Seus próprios criadores apontam a inovação que a bebida oferece. Não se trata apenas de beber vinho, portanto, mas em explorar novas fronteiras com essa milenar bebida, que é colorida com um pigmento da casca de uvas vermelhas, antocianina, e a indigotina, de origem vegetal.

Os desdobramentos da Era Tecnicolor na alimentação

“Não se sabe se é passageira ou não. Só o tempo dirá a respeito dessa tendência” analisa Paula, que aposta na inovação por acreditar que ela movimenta o setor, mobiliza mudanças e, acima de tudo, gera interação do consumidor.

E você, já conhecia essa tendência no setor de alimentos e bebidas? Continue acompanhando nosso canal de conteúdo e fique por dentro de todas as inovações do setor.

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *