Fispal Tecnologia faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

embalagem-ecommerce.jpg

Como deve ser a embalagem de alimentos para e-commerce?

Ter atenção à embalagem de alimentos para e-commerce faz parte do sucesso do consumidor, por isso, é preciso seguir alguns padrões.

De acordo com a Mintel, no segmento de supermercados, até 2025 a modalidade online deve representar 20% do mercado. Especificamente no setor de alimentos e bebidas, conforme a L.E.K. Consulting, as vendas de comércio eletrônico devem, também, aumentar significativamente até 2025 -  um incremento de 18 pontos percentuais em relação aos níveis de 2016. Dados como esses demonstram a importância de as empresas desse ramo se prepararem para o mercado digital - e isso inclui o desenvolvimento de embalagem de alimentos para e-commerce.

No mundo hiperconectado em que vivemos, os consumidores desejam disponibilidade e agilidade em suas compras. Seja comida, bebida ou outros produtos, o desejo é de ter a necessidade saciada rápida e eficientemente - e isso inclui a entrega da compra sem danos e com uma experiência positiva agregada. 

Nesse contexto, a embalagem de alimentos para e-commerce ocupa local estratégico. A função básica das embalagens voltadas ao comércio eletrônico é proporcionar a entrega dos produtos sem danos. Além disso, os consumidores esperam receber uma embalagem que seja adequada ao objetivo, com o tamanho certo, fácil de abrir e que possa ser fechada novamente com facilidade (para eventuais devoluções, se for o caso). 

Além desses requisitos funcionais, a embalagem de alimentos para e-commerce deve seguir as principais tendências, incluindo sustentabilidade, como veremos a seguir.

Principais atributos a se considerar ao desenvolver uma embalagem de alimentos para e-commerce

A embalagem de alimentos para e-commerce assume um papel essencial para garantir não apenas o transporte e a entrega do produto ao cliente, como também uma experiência de marca diferenciada. Como destaques para isso, podemos citar:

1. Segurança, resistência e preservação do alimento

De acordo com Cesar Saber, profissional de desenvolvimento e negócios, quando falamos de embalagem de alimentos para e-commerce, "a segurança é fundamental. Isso inclui a inviolabilidade da embalagem, ou, em caso de violação, que essa fique evidente ao consumidor", ressalta.

Cabe lembrar que o comércio eletrônico demanda um esforço extra para proteção dos produtos alimentares perecíveis ao longo de toda a cadeia, desde a produção, armazenamento, transporte e entrega em domicílio. Portanto, o desenvolvimento de uma embalagem de alimentos para e-commerce deve proporcionar a integridade, segurança, qualidade, frescura, boa aparência e redução de desperdício de alimentos.

Para contribuir para esse objetivo, há opções como a tecnologia de barreira, que ajuda a elevar a integridade do produto e da embalagem, proporciona prevenção confiável de deterioração de alimentos e proteção contra contaminação, além de uma experiência previsível e qualificada para o cliente.

E já há case de sucesso no desenvolvimento de embalagem de alimentos para e-commerce feita a partir de outras tecnologias, como é o caso da embalagem exclusiva criada pela Smurfit Kappa Brasil, para a Granja Mantiqueira. Manuel Alcalá, CEO da Smurfit Kappa Brasil, afirma que, nesse projeto, foi desenvolvido "uma embalagem segura e resistente destinada à entrega de ovos frescos aos clientes assinantes do Clube do Ovo. E isso tem dado resultado. O número de clientes do Clube do Ovo vem aumentando gradativamente, com crescimento de 127% de fevereiro a agosto de 2019", resume. 

2. Sustentabilidade

À medida que o comércio eletrônico continua a crescer, aumenta, também, a consciência sustentável do consumidor, que espera das empresas um menor impacto da embalagem de seus produtos no meio ambiente. 

De acordo com um estudo da GlobalData, o embalamento ético se tornou uma qualidade mais essencial na compra de um produto nos últimos anos. Os consumidores preocupados com a sustentabilidade estão buscando embalagens alinhadas com o conceito de economia circular e de redução de resíduos e poluição da cadeia produtiva. Por isso, na hora de projetar a embalagem de alimentos para e-commerce, é importante avaliar o uso de materiais renováveis, recicláveis, biodegradáveis ​​e leves, e o impacto que ela exercerá ao longo de todo seu ciclo de vida. 

Voltando ao exemplo da Granja Mantiqueira, esse atributo é parte central da embalagem dos ovos para venda online

"Os clientes recebem seus kits na maleta exclusiva 100% reciclável, desenvolvida para proteger o produto e impedir que as perdas aconteçam ao longo do percurso. A embalagem é biodegradável e renovável. E, para assegurar que ela seja realmente reciclada, a Mantiqueira disponibiliza ao assinante do Clube do Ovo a opção de devolver as vazias na entrega seguinte, garantindo, assim, a destinação correta do material e contribuindo para manter o ciclo de vida do papel, que pode ser reutilizado até sete vezes", resume Alcalá.

3. Apresentação e experiência

Conforme dados do Gartner, 57% dos compradores online afirmam que pararam de comprar de alguma marca em razão de uma experiência ruim ou de uma concorrente oferecer uma experiência melhor.

Vivemos na Era da Experiência, e isso, naturalmente, envolve o meio digital. Portanto, avaliar como prover uma experiência positiva do cliente com seu produto e marca também por meio da embalagem de alimentos para e-commerce é um fator importante.

Nesse sentido, Cesar Saber recomenda que se leve em conta a "resistência térmica e mecânica ao transporte (esforço externo) e que a embalagem garanta a boa acomodação do produto durante seu traslado, com mínima movimentação interna na embalagem, para que, assim, ele chegue com boa apresentação ao consumidor final. Para alcançar esse resultado, deve-se fazer testes em campo, antes de seu efetivo lançamento".

Aqui, é importante ressaltar como a unboxing experience (que, de forma bem sucinta, é a experiência do cliente ao desembalar seu produto) pode fazer uma grande diferença no sucesso de sua estratégia. Cada vez mais, para muitos consumidores, desembalar os produtos encomendados é um momento importante e emocional. Os inúmeros vídeos de unboxing nas mídias sociais são uma prova disso - ao procurar por "unboxing video" surgem no Google 119.000.000 resultados.

Portanto, na hora de desenvolver a embalagem, também é importante projetar uma boa experiência de desembalamento. Prover uma unboxing experience atrativa ajuda a elevar índices de lealdade à marca, a conquistar propaganda boca a boca ou, mesmo, ver sua marca viralizar nas redes sociais - e tudo isso contribui para uma captação de clientes altamente qualificada e menos onerosa.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar