Gestão

Conceito Lean ajuda a reduzir custos e produzir mais

É possível satisfazer consumidores, diminuir os custos e produzir mais sem precisar de novas instalações fabris ou contratar novos profissionais. Para isso, basicamente, a indústria precisa ajustar seu foco em satisfazer o cliente, identificar se há conhecimento dos profissionais sendo desperdiçado e evitar ao máximo o retrabalho. Essas diretrizes são contempladas pela adoção do conceito Lean de gestão da produção.

“Embora tenha métodos e ferramentas, é essencialmente uma filosofia com boas práticas”, explica o presidente do Lean Institute Brasil, José Roberto Ferro. Personalizado para cada indústria, ele deve ser implantando de olho em resultados no médio e longo prazo. “Há, sim, casos de curto prazo, mas depende muito da empresa.” Bastante indicado para pequenas e médias indústrias, o conceito de gestão que pode melhorar o desempenho fabril é implementado a partir de 5 linhas gerais.

1- Foque obsessivamente no que agrega valor para o seu cliente. Esse deve ser o propósito claro da empresa, pois, assim, elimina-se o desperdício. “É óbvio, mas empresas costumam definir outras prioridades como somente ganhar mais dinheiro. Lucro é consequência de agregar valor e evitar desperdícios.”

2 – O que precisa ser melhorado? Uma autoanálise para entender qual processo ou departamento empresarial necessita de ajustes é parte essencial da implantação do conceito Lean. “Sempre há algo: finanças, produção, criação de produtos, recursos humanos etc.”

3 – Reconheça e desenvolva seus profissionais. Funcionários aprendem analisando e resolvendo problemas, dispara o especialista.

4 – Transforma o líder em capacitador dos recursos humanos. Com o passo anterior muda-se profundamente o estilo de comando, que deixa de ser hierárquico, com ordens e soluções vindas de cima, para um ambiente de ajuda mútua.

5 – Problemas são bem-vindos. Eles ajudam funcionários a pensar e a empresa a identificar o que fazer. Ação “difícil no Brasil”, de acordo com Ferro, devido à predominância da cultura de se fazer tudo em cima da hora e com jeitinho. “Faltam processos, as entregas são na hora errada”, adverte.

Um ponto importante a ser observado é que os prazos para obter os resultados mudam de uma empresa para a outra. E que para cada uma delas, dependendo da situação em que se encontram, há uma abordagem diferente. Entretanto, as mudanças percebidas mais rapidamente referem-se a qualidade, satisfação do cliente e dos colaboradores.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *